||         Modalidades è Remo

LINK'S DO GINÁSIO
QUANTOS SOMOS
ONDE ESTIVEMOS
PHOTOBUCKET
TOP 100

REMO
 

O Remo começou a ser praticado no Ginásio em 1896, com passeios náuticos no Mondego, em Junho e em Setembro.
No primeiro destes passeios serviu de guia o barco “Tritão”, governado por Manuel Gaspar de Lemos, e no segundo disputaram-se provas entre o “Tritão” e o “Nereida”, escaleres a quatro remos.

Nas Festas de S. João do ano seguinte - 25 de Junho de 1897 – tiveram lugar as primeiras regatas entre o Ginásio e a Naval, tendo os ginasistas vencido quatro das cinco provas e terminando ex-aqueo a restante.

Em 1905 a modalidade teve grande desenvolvimento com a aquisição de dois in-riggers de quatro remos, o “Vega” e o “Altair”, sendo grandes impulsionadores nesta fase o Dr. António Rainha e Augusto d’ Oliveira.

Entre 1911 e 1924, a Taça Alzira, disputada entre a Naval, que a instituiu, e o Ginásio, originou inúmeros conflitos entre os dois clubes, que chegaram a cortar relações de 1917 a 1919. Nenhum deles a ganhou definitivamente, para o que se tornavam necessárias três vitórias seguidas. A Naval venceu em 1911, 16, 20, 22 e 23 e o Ginásio em 1913, 15, 21 e 24, não se disputando nos restantes anos. A Taça original ardeu no incêndio da sede do Ginásio em 1914 e a réplica que este Clube ofereceu para a substituir veio a arder na sede da Naval, no incêndio de 1997, pois nunca mais fora colocada em disputa.

O final dos anos 20 é marcado pelas duas vitórias do Ginásio no Campeonato Nacional de out-rigger de quatro remos, a mais importante prova da época, na qual se disputava a Taça Lisboa, troféu perpétuo e um dos mais antigos do mundo, ainda hoje em disputa, mas que em anos muito recentes passou para a regata de shell de 8.

Na década de 30, o Ginásio e Naval organizaram conjuntamente, por iniciativa do grande ginasista António Biscaia, as Regatas Internacionais da Figueira da Foz, nas quais se disputaram as Taças da Vitória e Salazar, esta em 1938 e 39.

O início da década de 50 marca o aparecimento das célebres tripulações dos “marnoteiros”, que conquistaram vários títulos nacionais, e em 1952 o Ginásio ganhou a Taça Ministro da Marinha, para a melhor pontuação obtida nos Campeonatos Nacionais.

Embora com pequenos interregnos, o Ginásio manteve-se em bom nível desde os anos 60 até ao final do século XX, mas foi sem dúvida a inauguração do Centro Náutico da Fontela-Vila Verde, em 21 de Outubro de 2000, que catapultou novamente o Clube para o topo do Remo português, com 134 títulos nacionais na década de 2001 a 2009, muitos remadores nas selecções nacionais e presenças de relevo nos Opens Internacionais da Catalunha e da  Andaluzia.

Também se salientou pela renovação da capacidade organizativa – Taças de Portugal de 2003 e 2005 e Regata Internacional Litocar, com a 8ª edição em 2013 – e pela criação, em 2006, da hoje pujante Classe de Remo de Lazer, modalidade praticamente inexistente no nosso País, à qual o Ginásio deu grande visibilidade através da organização do Circuito Náutico Turístico Internacional “Portugal Rowing Tour” em vários cursos de água do País, com a 8ª edição a realizar em Agosto de 2013 no Zêzere e no Tejo.

           Maio 2013

APOIOS E PARCERIAS

DRA. EMILIA FALCÃO
DENTISTA



Consultório POLIVALENTE
DE S. JULIÃO




Clinica da Lapa

Aquaparque Teimoso









   FIGUEIRA DA FOZ   






 


 


CONSULTRAINING

 


Centro Clínico
Pedro Santos & Filhos, Lda Saúde


















 







 

ORGANIGRAMA
GINÁSIO SOLIDÁRIO
 
REVISTA ANUAL